Realizar busca
- 08/02/2019 - 07:01
No fim de 2018, 25% dos usuários de cartão de crédito caíram no rotativo

O consumidor brasileiro tem enfrentado dificuldades para quitar a fatura do cartão de crédito. De acordo com pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), a proporção de usuários de cartão de crédito que entraram no rotativo do cartão – quando a fatura não é paga integralmente – cresceu de 20% em novembro do ano passado para 25% em dezembro.

Os usuários que conseguiram quitar toda a quantia devida somam 73% dos entrevistados. A modalidade cobra os juros mais elevados do mercado.

De acordo com o levantamento, os cartões se mantiveram como o principal instrumento para a tomada de crédito no fim do ano passado, mencionado por 38% dos consumidores. O segundo colocado foi o crediário (15%). Os empréstimos foram citados por 8% dos entrevistados e o cheque especial também foi mencionado por 8%. Outros 6% buscaram o financiamento.

Para o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, a conveniência, segurança e aumento da aceitação do cartão de crédito explicam a liderança no ranking, mas o usuário deve tomar cuidado com o risco de envididamento excessivo.

“Apesar da facilidade de seu uso, o consumidor deve se manter em alerta para não se exceder nos gastos, pois em virtude dos juros, o valor da fatura pode se multiplicar em um curto espaço de tempo, tornando a dívida impagável“, diz o preisdente do SPC Brasil.

 

Fonte: Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​