Realizar busca
- 31/01/2019 - 07:02
Vale vai cortar 10% da produção de ferro e investir R$ 5 bi para desativar barragens

Em meio à pressão do governo federal, acionistas e agências de risco por respostas à tragédia de Brumadinho, a Vale decidiu cortar 10% da produção anual de minério de ferro por até três anos para acabar de vez com dez barragens similares a que rompeu no município mineiro.

Esse processo vai custar R$ 5 bilhões à companhia. O plano foi apresentado ao governo federal e anunciado no início da noite desta terça-feira (29).

“Esse é um plano de ação, uma resposta cabal da companhia à altura dessa enorme tragédia em Brumadinho”, disse o presidente da Vale, Fabio Schvartsman.

O executivo e outros três diretores da companhia participaram de uma reunião com os ministros de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e com o de Meio Ambiente, Ricardo Salles, em Brasília.

Em Minas Gerais, a Vale possuía 19 barragens dessa natureza, das quais nove já foram integradas ao ambiente.

O executivo apresentou um plano para extinguir as restantes. O plano já foi apresentado ao governador Romeu Zema (Novo). Segundo Schvartsman, ele apoiou a medida.

A empresa terá de cortar até em 40 milhões de toneladas por ano da produção de minério. Os cerca de 5.000 funcionários que trabalham na região deverão ser transferidos para outras áreas de produção, segundo Schvartsman.

Em nota, a Vale informou que, para a realização das obras de descomissionamento das barragens a montante, paralisará temporariamente a produção das unidades onde as estruturas estão localizadas.Entre as unidades estão: Abóboras, Vargem Grande, Capitão do Mato e Tamanduá, no complexo Vargem Grande, e as operações de Jangada, Fábrica, Segredo, João Pereira e Alto Bandeira, no complexo Paraopebas.

“As operações nas unidades paralisadas serão retomadas à medida que forem concluídos os descomissionamentos”, informou a empresa.

 

Fonte: Folha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​