Realizar busca
- 29/11/2017 - 20:16
Suape investe em prevenção de acidentes e capacitação ambiental no porto
 
Como parte da sua política de prevenção de acidentes de trabalho e ambientais, a administração do Complexo Industrial Portuário de Suape executou, em parceria com as empresas Pandenor e Transpetro, mais um simulado do Plano de Controle e Emergência de Suape. O treinamento foi realizado na terça-feira (28), no Píer de Granéis Líquidos Nº 1 (PGL 1), localizado no Porto Organizado de Suape. Na ocasião, as equipes simularam um princípio de incêndio no local. No PGL 1 operam, de forma compartilhada, as empresas de combustíveis Transpetro, Pandenor, Ultracargo e Temape.
Toda a operação foi orquestrada pelas equipes técnicas de Suape, em parceria com equipes da Pandenor e da Transpetro, que devem agir de imediato nestes casos. O simulado foi iniciado às 14h. O cenário escolhido foi o de um princípio de incêndio no PGL 1, com evacuação de área, resgate de vítima e atividades de primeiros socorros.

A atividade ainda contou com o apoio da equipe de rebocadores da empresa Saam Smit, que resgatou as vítimas pelo mar e levou todos os envolvidos na simulação até o Cais 4. No cais, a vítima do treinamento foi atendida na ambulância de Suape e encaminhada até a unidade hospitalar, na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Cabo de Santo Agostinho. 

Nesta edição, o simulado do plano de emergência teve como objetivo avaliar o fluxo de resposta ao combate de incêndio no PGL 1, onde navios descarregam cargas de granéis líquidos como diesel, gasolina, querosene de aviação e químicos como butadieno e paraxileno. Este tipo de simulado é um dos mais críticos cenários testados pelas equipes.

PLANO DE EMERGÊNCIA INDIVIDUAL (PEI)

Na última sexta-feira (23), as equipes de Suape em parceria com a empresa Decal, realizaram o Simulado Anual do Plano de Emergência Individual (PEI). O cenário foi de derramamento de óleo diesel no Píer de Graneis Líquidos N° 2 (PGL 2), onde, atualmente, operam as empresas Transpetro e Decal.

Participaram do PEI as equipes técnicas de Suape e da DECAL, o presidente de Suape, Marcos Baptista, e o Diretor de Gestão Portuária de Suape, Paulo Coimbra, além de representantes da CPRH, Marinha do Brasil, Ibama e Antaq. Toda a operação foi orquestrada pela empresa Hidroclean – Bravante, contratada tanto pelo Porto de Suape quanto pela Decal para agir nesses casos de derramamento.

SIPATMA

Em paralelo aos simulados e atividades de prevenção realizadas pelo Complexo de Suape nos últimos dias, a administração da empresa iniciou na segunda-feira (27), a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho e Meio Ambiente (Sipatma) 2017. O tema desta edição é “Por que se arriscar? Segurança em primeiro lugar” e tem o objetivo de orientar e conscientizar sobre a saúde e a segurança no trabalho.

A palestrante Karla Júlia Marcelino, vice-presidente da Associação Brasileira de Ouvidores/Ombudsman, ministrou a palestra de abertura da semana com o tema Ética na Gestão Pública, abordando assuntos como liderança, assédio moral e corrupção. Karla que foi responsável por implantar a Ouvidoria Geral do Estado e a Rede de Ouvidorias. O evento será encerrado na próxima sexta-feira (1º).

Fonte:  https://www.portosenavios.com.br/noticias/portos-e-logistica/41637-suape-investe-em-prevencao-de-acidentes-e-capacitacao-ambiental-no-porto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​