Realizar busca
- 25/11/2017 - 14:44
‘Sociedade civil precisa se unir’
 
No Ceará para a comemoração do primeiro ano do Grupo Mulheres do Brasil no Estado, Luiza Helena Trajano, presidente do Grupo e do conselho administrativo do Magazine Luiza, defendeu a união da sociedade civil pra solucionar os problemas do País. “É inadmissível que o País não tenha um plano eficaz de educação, saúde para todos e, principalmente, geração de empregos”, lamentou.

Na avaliação da presidente do Conselho de Administração do Magazine Luíza, “o brasileiro, de fato, nunca assumiu o Brasil, e nós temos que assumir, porque é a nossa casa”.

Com base em uma agenda propositiva, ela disse que o Grupo Mulheres do Brasil, atua no sentido defender os direitos fundamentais da população. Também presente ao evento, Chieko Aoki, presidente da Rede Blue Tree e integrante do grupo fundador do Mulheres do Brasil, disse que “o momento é propício para o Grupo dar a sua contribuição, porque são mulheres cheias de esperança, que acreditam em um Brasil melhor para todos e capazes de fazer as transformações que o país precisa”.

Recepção 

As duas foram recepcionadas pela líder do Grupo Mulheres do Brasil no Ceará, Ana Studart, o marido dela e presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Beto Studart, e a vice-governadora do Estado, Izolda Cela.

Fonte: http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/negocios/sociedade-civil-precisa-se-unir-1.1856311

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​