Realizar busca
- 22/10/2018 - 09:03
Pesquisa aponta aumento de 22% em empréstimo online para novos negócios no Ceará

No mês de setembro, a fintech de crédito pessoal Lendico observou um aumento do número de pedidos de empréstimo para novos negócios. No Ceará, 22% dos pedidos foram nesta categoria, sendo este o principal motivo de empréstimo no Estado no mês. Em segundo lugar, ficaram os pedidos para investir na própria empresa ou pagar dívidas, representando cada um 19% dos pedidos recebidos. Em terceiro lugar ficaram os pedidos para gastos com mobília, reforma ou mudança que representaram 12% dos pedidos no Ceará.

“Temos visto no Brasil todo um crescimento do número de pedidos para novos negócios ao longo deste ano, mas o Nordeste sempre teve maior percentual de pedidos com esse motivo. No acumulado do ano do País, novos negócios representam 13% dos pedidos no site. No Ceará, no mesmo período (janeiro a setembro), este motivo representou 20% dos pedidos”, destaca Marcelo Ciampolini, CEO da Lendico.

“Se olharmos os números do último levantamento da Boa Vista SCPC, o Nordeste teve um crescimento de quase 10% no número de novas empresas no acumulado deste ano. Além disso, o Ceará é o segundo estado da Região com mais empresas ativas no mercado, segundo dados do IBGE, então faz sentido vermos mais pessoas buscando este tipo de crédito”, acrescenta. 

Segundo a Lendico, em setembro deste ano houve um aumento de 171% no número de pedidos vindos do Ceará em comparação com igual período de 2017. Houve alta de 288% no número de pedidos para novos negócios; 190% no de pedidos para investir na própria empresa; e de 291% nos pedidos para o pagamento de dívidas.

Em relação a agosto, o número de pedidos se manteve estável, mas houve alta na quantidade de pedidos com o motivo ‘pagar o cartão de crédito’, alta de 39%; e ‘pagar o cheque especial’, alta de 50%.  

“O número de pessoas procurando empréstimo online tem crescido em todo o País e no Ceará não é diferente. O que muda é o motivo de empréstimo, de acordo com a sazonalidade. Há alguns meses, por exemplo, a gente via o número de pedidos de crédito para viagens crescendo mais e agora o crédito para novos negócios começou a se destacar mais novamente. Acreditamos que é uma tendência do mercado, já que cada vez mais pessoas estão conhecendo as fintechs e estão em busca de crédito inteligente com taxas justas”, completa o CEO.

 

Fonte: Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​