Realizar busca
- 10/10/2019 - 07:00
Pequenos Negócios ajudam a movimentar economia brasileira

Dia 05 de outubro foi comemorado o Dia dos Pequenos Negócios. Apesar do nome, estes negócios têm hoje um grande papel na economia do país, pois respondem por cerca de 99% das empresas formalizadas, além de contribuírem para a geração de cerca de 27% do PIB brasileiro. Atualmente, no Brasil existem cerca de 15 milhões de microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte. Cerca de 81% delas estão concentradas nos setores de comércio e serviços. Além disso, a maior parte dos pequenos negócios do Brasil são microempreendedores individuais (MEI), figura jurídica criada pela Lei Complementar 128/2008, que este ano completa 10 anos de implementação e que contribuiu para tirar da informalidade milhões de empreendedores. Hoje no país, existem quase 9 milhões de MEIs, que respondem por cerca de 58% do total de pequenos negócios formalizados. A importância dos pequenos negócios também se estende à manutenção e geração de empregos no país. De acordo com análise do Sebrae, com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), de janeiro a agosto deste ano, os pequenos negócios foram responsáveis pela criação de 541,7 mil novos empregos com carteira assinada, o equivalente a um saldo 15 vezes maior que o registrado pelas médias e grandes empresas no mesmo período. Somente no mês de agosto, os pequenos negócios foram responsáveis pela geração de 95.587 empregos, o que representa quase 80% do total de empregos criados no país. Ou seja, de cada 10 empregos gerados no Brasil, em agosto deste ano, praticamente 8 foram gerados pelos pequenos negócios. Este foi o melhor mês de agosto de empregos gerados pelos pequenos negócios, dos últimos cinco anos.

No Ceará, dos 4.525 empregos com carteira assinada criados durante o mês de agosto, 3.808 foram nas micro e pequenas empresas, o equivalente a 84% do total. Este resultado colocou o estado como o primeiro lugar da Região Nordeste no número de empregos gerados pelos pequenos negócios em agosto.

No acumulado dos sete primeiros meses do ano, o saldo de empregos com carteira assinada gerados pelos pequenos negócios no Ceará é de 9.043 vagas. No mesmo período, as médias e grandes empresas do estado acumulam um saldo negativo de 10.716 vagas encerradas.

Valorize o Pequeno Negócio
Para celebrar a força destes pequenos negócios, o Sebrae realizou na última quinta-feira (3), em todo o país, o mutirão Valorize o Pequeno Negócio. Colaboradores e parceiros do Sebrae em todos os estados foram às ruas em um dia de visitas aos empreendedores. O objetivo da instituição foi aproximar-se ainda mais dos donos de pequenos negócios, além de prestar uma homenagem a estes empreendedores. No Ceará, foram realizadas ações em 80 municípios. Em Fortaleza, as visitas ocorreram em 15 locais, entre corredores comerciais e pontos de concentração de pequenos negócios, como centros comerciais, shoppings populares e mercados públicos.

Além de parabenizar os empreendedores por seu dia, os colaboradores do Sebrae/CE aproveitaram as visitas para prestar orientações, bem como realizar um mapeamento dos principais desafios que cada empresário enfrenta visando posteriores interações para a oferta de soluções mais indicadas para resolver cada situação.

Fonte: Diário do Nordeste

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​