Realizar busca
- 31/03/2017 - 17:19
Os CORREIOS X Os paradigmas da boa gestão no TRC.

Nos últimos dias as notícias que envolvem uma das estatais mais presentes no dia a dia dos brasileiros, OS CORREIOS (http://www.correios.com.br/para-voce), tem divulgado novos recordes de prejuízo e com divulgação de realização de PDV – Plano de Demissões Voluntárias como saída para a crise e continuar suas atividades que a muito deixou de ser de correspondência, que já é um modelo falido, e passou a ser um operador de transportes de cargas em dois modais, rodoviário e aéreo como qualquer transportadora do mercado dito privado, pois bem, a partir deste resultados dos CORREIOS, cai por terra um paradigma de excesso de carga tributária que impacta sobre os serviços, pois o mesmo é isento de ICMS, PIS e CONFINS, e mesmo assim dar prejuízo, como explicar isso a sociedade, se não com a má gestão aplicada nesta Empresa que é de capital misto , mas controle estatal.

Comparando a situação dos CORREIOS com as nossas transportadoras de mercado, que tem altos impostos a pagar, que na verdade quem paga são os Clientes, como em qualquer negócio, o que demonstra é que de fato o que interfere e causa prejuízos nas empresas, é má gestão via conceitos ultrapassados que não tem limites de metas e custos estruturais. O presidente dos CORREIOS, em entrevista à imprensa, expôs o problema do plano de saúde oferecido aos funcionários aonde a participação da empresa é de 93%, e representa cerca de 80% do prejuízo de 2016 a ser divulgado, e mais do que isso a quantidade de dependentes atribuído ao plano foge a uma regra simples de pai, esposa e filhos, tem mais parentes que não deveriam estar nos custos da estatal, algo similar nas empresas privadas em todos os setores de modo geral, ao ser colocado na folha de pagamento, pessoas que trabalham nas residências de diretores e sócios, consertos residências, combustíveis, etc. e atribuir o ônus aos custos dos preços a serem apresentados aos Clientes, essa prática já não é mais suportada pelo mercado, pois bem, nos CORREIOS, como em qualquer Empresa, a isso pode-se atribuir improbidade de gestão e que vão de encontro aos conceitos atuais de Governança Corporativa.

Para finalizar, não são os impostos que fazem as Empresas terem resultados ruins, sim a gestão sem conceitos e limites.

Link Notícia

http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/correios-tem-novo-prejuizo-de-r-2-bilhoes-e-recebem-aval-para-pdv.ghtml

http://extra.globo.com/noticias/economia/plano-de-saude-dos-servidores-esta-matando-os-correios-diz-presidente-da-estatal-21129444.html

Francisco Pontes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​