Realizar busca
- 20/09/2018 - 08:49
Novos hotéis vão aportar mais de R$ 800 mi no litoral cearense
A implementação do hub da Air France/KLM e Gol, o aumento da malha aérea da Latam e a criação de novas rotas domésticas e internacionais no Ceará ampliaram os investimentos em hotelaria no Estado. Diversos empreendimentos estão em fase de construção ou de negociação no litoral cearense, com valores que ultrapassam os R$ 800 milhões. Entre as obras em andamento, estão o The Coral, na Praia do Guajiru (Trairi); o Hard Rock Hotel, em Lagoinha (Paraipaba); o Carmel Taiba Exclusive Resort, em Taíba (São Gonçalo do Amarante); e o Vila Galé Cumbuco Suíte Hotel, no Cumbuco (Caucaia). Além destes, a rede Vila Galé pretende construir um resort na Praia do Preá, na região de Jericoacoara, no município de Cruz.

Com investimentos na ordem de US$ 150 milhões, ou cerca de R$ 620 milhões, o empreendimento The Coral, na Praia do Guajiru, na região das Flecheiras, município de Trairi, agrega loteamento residencial e resort de alto padrão. A incorporadora holandesa Bric, com sede na Espanha, lançou em julho deste ano o projeto, o primeiro da empresa no País.

“Com frações a partir de R$ 50 mil, o complexo deve atrair famílias em busca de uma segunda residência para férias. A atuação por meio de multipropriedade já existe no Brasil há algum tempo e é praticada por grandes redes ao redor do mundo”, informou a companhia.

O empreendimento conta com o projeto de 700 unidades residenciais, parte delas, que serão vendidas em frações imobiliárias, com serviços de hotelaria internacional, além de Beach Club e resort alto padrão com bandeira internacional. “Com localização privilegiada, o projeto de paisagens paradisíacas tem foco em wellness e no contato com a natureza. O projeto deve ser entregue até 2021”.

Carmel

A rede brasileira Carmel Hotéis está investindo no Carmel Taiba Exclusive Resort. De acordo com a empresa, a unidade está prevista para ser inaugurada no segundo semestre do próximo ano e está com 60% das obras concluídas. “No momento, o Carmel não irá divulgar os dados financeiros”, informou.

“O empreendimento está sendo construído em uma área total de 2 hectares (20 mil metros quadrados – m²), de frente para o mar e vai oferecer 32 apartamentos e 4 luxuosos bangalôs com jacuzzi e piscina, todos de frente para o mar”, divulgou a rede.

Além disso, o resort de luxo deve gerar aproximadamente 600 empregos diretos e indiretos quando estiver funcionando. “A inauguração do Carmel Taiba Exclusive Resort vai enriquecer a experiência de luxo no litoral do Ceará, junto ao Carmel Charme Resort, localizado em Aquiraz, na praia do Barro Preto e Carmel Cumbuco Resort, em Cumbuco, ambos com localização de 30-40 minutos de Fortaleza”, informou.

Vila Galé

De acordo com o diretor de Operações da rede portuguesa Vila Galé, José António Bastos, a previsão para abertura do novo hotel é dezembro deste ano. “Desenvolvemos um projeto imobiliário ao lado do Vila Galé Cumbuco que ficou em estoque e que não foi vendido por causa das atuais condições de mercado e fizemos um conceito de suíte hotel com 60 unidades. A construção já foi concluída e o investimento imobiliário para a transformação da unidade em hotel foi de R$ 10 milhões”, explica.

Segundo ele, o Ceará é um importante mercado para a rede e sempre há interesse de investir no Estado. Para tanto, o Vila Galé está procurando terrenos na Praia do Preá, na região de Jericoacoara, para construir um empreendimento de 350 quartos em uma área de no mínimo 100 mil m². “A gente precisa de uma área de frente para o mar de pelo menos 300 metros. Temos visto áreas nessa região, mas não temos nada ainda em concreto para anunciar. Naquela área não existem muitos terrenos disponíveis e os preços estão ficando altos. Aquela região é um polo de investimento e com a abertura do aeroporto só contribui para isso”, diz.

Bastos informa ainda que a demanda hoteleira em Jericoacoara vai aumentar nos próximos anos e que por isso há um forte interesse da rede em investir no local. “Os nossos produtos são ecléticos e mais de 90% dos clientes são brasileiros. Nós temos que definir ainda o projeto que em função do terreno precisa depois ser adaptado. Seria um resort de 350 quartos inicialmente. Existe um desejo, mas a prática é distante”, completa.

No Nordeste, além do Ceará, a rede portuguesa possui investimentos em Pernambuco, Bahia e, mais recentemente, no Rio Grande do Norte, onde inaugurou o Vila Galé Touros.

“O Rio Grande do Norte é outro estado com particularidades e qualidades muito boas para o turismo. Não existia um grande resort all inclusive lá e investimos R$ 150 milhões e o empreendimento tem 514 quartos”, ressalta.

Na Bahia, a empresa também vai aportar R$ 150 milhões no Vila Galé Una. “Estamos numa fase de projeto e estudos topográficos, ambientais e hídricos. O resort de lá contará com 482 unidades”, conta.

Hard Rock

Com lançamento previsto para 2020, o Hard Rock Hotel Fortaleza, em Lagoinha, iniciou as vendas neste segundo semestre de 2018. Por meio do conceito de propriedade compartilhada, no qual são vendidas frações dos imóveis, cada interessado poderá adquirir cotas, com valores médios entre R$ 63 mil a R$ 320 mil, que englobarão dias para uso e divisão dos custos de manutenção do espaço, além da possibilidade de transitar entre as demais unidades da rede ao redor do mundo.

Com investimento de R$ 170 milhões, o Hard Rock Hotel Fortaleza contará com 227 quartos e 174 unidades residenciais. Localizado a cerca de 90 km de Fortaleza, o empreendimento trará as experiências características dos hotéis da marca, com um Rock Spa, Lobby Bar, Grab N’Go, um Body Rock Fitness Center e uma Rock Shop. Para os amantes do Rock N’Roll, será construída uma praça inspirada no lendário Festival de Woodstock.

 

Fonte: Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​