Realizar busca
- 23/08/2019 - 08:28
Mercado de TI pode ter deficit de 240 mil profissionais até 2024, indica pesquisa

O deficit de profissionais para postos da área de software e serviços de tecnologia pode ser de 260 mil pessoas até 2024, de acordo com estudo que a Brasscom (associação do setor) vai apresentar nesta quinta-feira (22).

A pesquisa levou em conta uma extrapolação do número de funcionários que deverão ser necessários para o setor considerando a expectativa de crescimento dele.

Sergio Galindo, presidente da associação, afirma que a demanda cresce mais rápido do que a formação de profissionais por causa de fatores como baixa procura de cursos e pela alta evasão de alunos, em especial aqueles que não têm acesso a programas como ProUni e Fies.

Ele aponta que, por ano, são oferecidas 381 mil vagas no ensino superior para a área de tecnologia. Porém apenas 120 mil resultam em matrículas e somente 10% dos que iniciam um curso na área termina, segundo a Brasscom.

Galindo diz que a falta de profissionais no setor já é sentida atualmente.

“Existe uma briga ferrenha. Uma empresa consegue contratar um profissional da outra e, em seguida, perde um seu para a rival e segue com vagas sem serem preenchidas.”

O executivo defende que o problema pode ser superado a partir de ações como melhora na qualidade do ensino no setor, ampliação de cursos Tecnólogos (mais curtos e baratos), e aumento de bolsas de ensino e do engajamento de empresas na contratação de aprendizes e estagiários.

“É preciso que as empresas ajudem os jovens a se formarem para terme gente qualificada no futuro”, afirma.

Fonte: Folha

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​