Realizar busca
- 15/10/2018 - 09:07
Mais oportunidades na palma da mão

Em busca de uma oportunidade ou de um reforço na renda da família, brasileiros têm encontrado em aplicativos para celular uma vitrine para seus serviços e produtos. Além das redes sociais que acabam ganhando viés comercial, plataformas criadas especialmente para a divulgação de trabalho são uma alternativa a mais para quem precisa se promover.

Criado por cearenses com essa finalidade, o Taskr conta com 600 ofertas cadastradas em pouco mais de três meses no ar. Os serviços mais ofertados são na área de educação, reparos, serviços de entrega e cabeleireiro/maquiador. Para complementar a receita, Aline de Castro, que trabalha formalmente em uma empresa de serviços digitais com revisão de trabalhos acadêmicos e transcrições, realiza, paralelamente, trabalhos extras com transcrições de depoimentos judiciais e entrevistas de mestrado e doutorado. Ao lado do amigo Ícaro Dias, da área de engenharia de telecomunicações, decidiu formar uma dupla para cantar em eventos e divulga o novo serviço via Instagram e pelo Taskr.

“Fazíamos curso de Inglês e resolvemos formar uma dupla”, diz. Segunda a empresa, aproximadamente 50 contratações foram feitas. O aplicativo é inteiramente gratuito.

Motorista

Com dificuldade para encontrar emprego na sua área de formação, Jessica Pimentel decidiu se cadastrar em um aplicativo para motoristas, enquanto estuda paralelamente para concursos. “Do que arrecado, 40% são para combustível. O restante é para pagar a faculdade do meu irmão, além de água, luz e internet”.

Quem também recorreu a aplicativos foi Lucas Farinazzo, de 26 anos, formado em Ciências Biológicas. Ele é membro do Fiverr desde 2013 e resolveu usar das suas habilidades com a língua estrangeira para oferecer o serviço de tradução de vídeos e textos. Pela empresa ser internacional, a cobrança é em dólares, sendo US$ 2 por minuto de vídeo traduzido e US$ 5 para cada 500 palavras. Ao fim do mês, conseguia tirar pouco mais de R$ 1 mil.

Lucas é nascido em Minas Gerais e mora em São Paulo, mas utilizou essa ferramenta inclusive durante seu intercâmbio nos EUA. “Os chamados marketplaces têm criado muitas possibilidades de novos negócios ou de incremento de venda, por expandir o mercado potencial, que deixa de ser apenas aquele na influência geográfica para se tornar o mercado nacional e, algumas vezes, global”, destaca o economista Alex Araújo.

De acordo com ele, as plataformas virtuais tendem a ganhar força como canal de comercialização e lembra que o Banco Central passou a regular os pagamentos eletrônicos nessas plataformas. “Essa tendência deve continuar ganhando escala, porque permite o exercício da atividade combinada com outras atividades e reduz os custos de investimento em lojas físicas”.

 

Fonte: Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​