Realizar busca
- 08/11/2017 - 17:50
Italianos estudam a Transnordestina
Roma – O Governo da Itália e empresas Italianas estudam a ferrovia Transnordestina. Os italianos ouviram do ministro do Planejamento Dyogo Oliveira o quanto o  Brasil precisa de parceiros para concluir a obra.

O projeto tem a Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S.A., empresa  formada por uma sociedade de ações que tem a CSN como majoritária privada e vinculada ao Ministério dos Transportes.

Os italianos miram no potencial da ferrovia, a servir de escoamento para soja e minérios  de navio, por Suape (PE) e Pecém (CE). No Ceará, a Transnordestina tem previsão de 526 km, passando por 29 municípios entre Missão Velha e o Porto do Pecém. Em junho, chineses se mostraram interessados.

As obras pararam porque o Tribunal de Contas da União (TCU) mandou suspender o repasse de recursos devido a indícios de irregularidades no projeto. Já são mais de 10 anos de obra.  Tem 600 km feitos, mas de um total de 1.753 km.

O orçamento do projeto já foi de  R$ 4,5 bilhões, embora projeto diferente. Era reformulação de ferrovia existente e um trecho novo. Hoje é de R$ 11,2 bilhões.

“É o começo de um novo tempo para o Nordeste”, dizia o presidente Lula em 2006, véspera da sua reeleição, diante de um canteiro de obras da ferrovia no Ceará.

Agenda Positiva

Dyogo esteve com o ministro de Infraestrutura e Transportes da Itália, Graziano Delrio. A Transnordestina foi um dos 89 projetos apresentados pela comitiva brasileira aos empresários estrangeiros em viagem à Espanha e Itália esta semana.

A Ferrovia del Estato foi uma das que manifestou interesse na Transnordestina . Além de abrir o cardápio de projetos suscetíveis a parcerias italianas, o ministro brasileiro faz leitura de conjuntura positiva sobre as perspectivas macroeconômicas.

Fonte: http://blog.opovo.com.br/jocelioleal/italianos-estudam-transnordestina/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​