Realizar busca
- 20/09/2019 - 07:00
Investir em startups não é só para os fundos e investidores-anjo

Você não precisa ser um investidor-anjo e dedicar um tempo enorme procurando a startup ideal para investir. Também não é necessário investir uma quantia superior a R$ 100 mil – o que seria necessário caso você investisse diretamente em uma empresa ou escolhesse aplicar por meio de um fundo de investimento. A aplicação via fundos ainda teria o agravante de que não é você que seleciona quais startups serão escolhidas.

Hoje em dia, existe uma maneira muito mais fácil e barata de fazer isso. Você pode investir de uma forma simples e desburocratizada, utilizando uma plataforma de investimento, com valores a partir de R$ 1.000. Plataformas como a Captable permitem que você mesmo decida de quais empresas quer participar.

O caminho é simples. Você acessa a plataforma, se cadastra, escolhe as startups e qual valor deseja investir. E, para concretizar, basta fazer uma TED. E, pronto! Você já é um investidor de startups.

Depois é só acompanhar o desempenho da empresa, tudo via plataforma, mensalmente. E claro, você também pode vender os seus títulos para outros investidores quando quiser sair do investimento. Basta encontrar alguém que queira comprar o título de você e negociar com a pessoa, informando para a plataforma o valor e as condições.

Na CapTable nós pré-selecionamos as startups para você. Prospectamos o mercado através das melhores empresas, no estágio certo para receberem um aporte de capital e escalarem intensamente.

Se você está começando a investir em startups, eu sugiro que escolha um ou dois segmentos pelos quais você tem interesse. Seja porque você trabalha neste segmento, seja porque entende bastante do assunto ou simplesmente acredita no potencial deste mercado no futuro.

Por exemplo: mobilidade urbana. A locomoção nas grandes cidades é um grande caos. Existem diversas iniciativas empreendedoras que propõe soluções para a mobilidade nas metrópoles. Algumas destas startups vão crescer no futuro, à medida que suas soluções forem validadas pelos usuários.

Depois de escolher os segmentos, comece a acompanhar quais empresas desses setores desejados você encontra na plataforma e invista em, pelo menos, 5 startups, para assim montar o seu portfólio e diluir os seus riscos.

Fonte: StartSE

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​