Realizar busca
- 03/03/2017 - 15:23
Ibovespa ganha força e atinge a máxima do dia antes de fala de Yellen; dólar recua

Mercado brasileiro se descola do exterior em dia de maior tensão nos EUA e com investidores atentos a repercussão dos depoimentos da Odebrecht no TSE

SÃO PAULO – Após uma sessão de queda acentuada na véspera, o Ibovespa tem recuperação nesta sexta-feira (3) apesar do tom de cautela nos mercados internacionais antes do discurso da presidente do Federal Reserve, Janet Yellen. Às 13h56 (horário de Brasília), o benchmark da bolsa brasileira tinha alta de 0,98%, aos 66.502 pontos, próximo da máxima de 1,12% no dia. Por aqui, os investidores seguem acompanhando a repercussão dos depoimentos da Odebrecht no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).No mesmo horário, os contratos de juros futuros com vencimento em janeiro de 2018 recuavam 7 pontos-base, a 10,25%, ao passo que os DIs com vencimento em janeiro de 2021 caíam 7 pontos-base, a 10,07%. Já os contratos de dólar futuro com vencimento em abril recuavam 0,55%, sinalizando cotação de R$ 3,165, enquanto o dólar comercial tinha perdas de 0,31%, cotado a R$ 3,1416 na venda.
 
“Esse é um dia de ansiedade para o mercado. Todo mundo está esperando uma confirmação na sinalização de alta de juros [nos Estados Unidos por Janet Yellen]“, observa Pablo Spyer, diretor de operações da Mirae Asset Wealth Management.

Sobre o movimento dos DIs, o especialista lembra que, além do discurso da chairwoman do Fed, a ata da última reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) é mais um fator gerador de volatilidade, com o Banco Central condicionando cortes mais intensos nos juros à aprovação da agenda de reformas do governo.

Além disso, também têm algum peso sobre os movimentos do dia no mercado de renda fixa os dados do IPC-Fipe (Índice de Preços ao Consumidor, medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), que registrou deflação de 0,08% em fevereiro, a primeira para o mês desde 2012. O resultado não apenas reverteu o avanço de 0,32% verificado em janeiro como aprofundou a deflação de 0,05% registrada na terceira quadrissemana de fevereiro.

Destaques da Bolsa
Do lado acionário, os papéis da Petrobras (PETR3; PETR4) registram ganhos após a queda de mais de 2% da véspera, acompanhando a leve recuperação dos preços do petróleo. Nesta sessão, o brent registra ganhos de 1,09%, a US$ 55,68, enquanto o WTI tem alta de 1,16%, para US$ 53,22.

Após a queda de quase 5% na véspera, os papéis da Vale (VALE3; VALE5) também têm recuperação, com ganhos superiores a 1%. Isso apesar da queda dos preços do minério nesta sessão, com Qingdao em baixa de 1,13%, a US$ 91,32 a tonelada métrica, em meio a receios sobre nível de estoques na China. As ações da Cielo (CIEL3) registram alta após a companhia ter a recomendação elevada de neutra para compra pelo HSBC, com o preço-alvo sendo elevado de R$ 32,00 para R$ 33,00.

O Banco do Brasil (BBAS3), por sua vez, fica entre as maiores altas do dia favorecido pela visão positiva dos analistas de mercado após reunião da estatal com o sell side. Após a reunião, o Itaú BBA elevou o preço-justo das ações de R$ 31,50 para R$ 36,50, em meio ao menor custo de capital,  e reiterou a recomendação outperform apesar do potencial de valorização baixo. O BTG Pactual também destacou visão positiva, apontando: “os 6 pilares dessa gestão são: rentabilidade, capital, qualidade do ativo, serviço ao cliente e plataforma digital. Claramente o bom trabalho que está sendo feito tem apoio do governo o que sem dúvida é notícia positiva”. 

As maiores altas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

C?d. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 CIEL3 CIELO ON 28,38 +3,77 +2,16 105,83M
 BBAS3 BRASIL ON ERJ 34,47 +3,64 +22,81 222,96M
 CMIG4 CEMIG PN 11,02 +3,18 +42,93 52,46M
 ELET3 ELETROBRAS ON 21,01 +2,74 -7,89 11,86M
 EMBR3 EMBRAER ON 18,24 +2,47 +14,00 13,16M

As maiores baixas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

C?d. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 QUAL3 QUALICORP ON 19,70 -3,29 +2,34 8,84M
 MRFG3 MARFRIG ON 6,11 -2,08 -7,56 12,25M
 SMLE3 SMILES ON 60,11 -1,68 +34,48 10,30M
 BRML3 BR MALLS PARON 14,86 -1,26 +24,35 16,70M
 SUZB5 SUZANO PAPELPNA 13,14 -1,20 -7,46 18,67M
* – Lote de mil a??es
1 – Em reais (K – Mil | M – Milh?o | B – Bilh?o)

 

Noticiário político
Brasília ainda digere a confirmação do agora ex-senador tucano Aloysio Nunes no posto de ministro das Relações Exteriores, ocupando o lugar deixado pelo também senado pelo PSDB José Serra, que pediu demissão na semana passada. Segundo informa a Bloomberg, citando uma fonte próxima ao novo ministro, ele pretende viajar mais que seu antecessor e provavelmente fará um road show no exterior para promover a agenda de reformas do Brasil. Aloysio vê o aumento das políticas autoritárias da Venezuela como potencial ameaça à América Latina e quer dar novo fôlego às negociações entre o Mercosul e a União Europeia.

Os depoimentos de executivos da Odebrecht no TSE também seguem sendo destaque, envolvendo tanto a situação quanto à oposição. O ex-executivo da Odebrecht Benedito Junior disse que foi definido em uma reunião com Marcelo Odebrecht e outros executivos que a Odebrecht ia contribuir com R$ 200 milhões para todas as campanhas em 2014 – inclusive a presidencial, segundo informa o G1. O mesmo delator teria dito que repassou R$ 9 milhões em caixa 2 a campanhas do PSDB a pedido do senador Aécio Neves (PSDB-MG), que nega irregularidades.

Já o ex-presidente da Odebrecht Ambiental Fernando Reis disse que a empreiteira repassou  R$ 4 milhões em recursos de caixa dois para “consolidar” o apoio do PDT à chapa Dilma-Temer nas eleições presidenciais de 2014, A Folha de S. Paulo informa ainda que, após o depoimento de Marcelo Odebrecht na última quarta-feira, o Planalto vê risco real a Temer se chapa não for dividida. Por outro lado, o jornal O Globo afirma que o governo está aliviado com o conteúdo do depoimento do ex-presidente da empreiteira. 

(Com Reuters e Bloomberg)

Fonte: http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/6196453/ibovespa-ganha-forca-atinge-maxima-dia-antes-fala-yellen-dolar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​