Realizar busca
- 11/09/2018 - 08:50
Gasolina sobe R$ 0,15 no Ceará
Fortaleza/Rio. As alterações nos preços do litro dos combustíveis vendidos nas refinarias promovidas pela Petrobras refletiram em um aumento de R$ 0,15 no preço médio da gasolina nas bombas de postos no Ceará. Entre a última semana de agosto e a primeira semana de setembro, de acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), a gasolina passou de uma média de R$ 4,40 para R$ 4,55. É o maior valor médio em quatro semanas.

Em Fortaleza, a média foi de R$ 4,55. O preço mínimo visto na Capital foi de R$ 4,47, enquanto a máxima foi de R$ 4,59. É o maior valor médio em Fortaleza para a gasolina vendida ao consumidor final em quatro semanas, de acordo com a ANP.

O preço máximo da gasolina ao consumidor final encontrado no Ceará pela Agência na semana entre o dia 2 e 8 de setembro foi R$ 4,98, em Crateús. O mínimo, de R$ 4,26, foi visto em Maracanaú.

Os aumentos refletem o repasse da desvalorização cambial e de alta nas cotações internacionais dos combustíveis. Segundo a ANP, o litro da gasolina foi vendido na semana passada a R$ 4,525, em média no País. O litro do diesel custou R$ 3,489.

A gasolina vinha subindo nas refinarias desde o dia 18 de março até que, na quinta (6), a Petrobras anunciou a implantação de um mecanismo para evitar o repasse de volatilidades externas, como câmbio e desastres naturais, ao consumidor. Desde quarta (5), o preço do produto em suas refinarias está estável em R$ 2,2069 por litro. A estatal não respondeu, porém, se o mecanismo já foi posto em prática. Ele permite que a empresa segure os preços por até 15 dias.

No caso do diesel, a alta nas bombas reflete o repasse do reajuste anunciado pela ANP. O preço estava congelado desde o final de maio. No dia 31, teve reajuste médio de 13%, subindo de R$ 2,0316 para R$ 2,2964.

 

Fonte: Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​