Realizar busca
- 01/03/2017 - 23:52
Fnac diz que busca parceiro local para continuar no Brasil

A Fnac está presente no Brasil desde o fim dos anos 1990, mas, há alguns anos, já tinha apontado dificuldades para atingir um nível crítico no país

 

A Fnac, rede francesa de lojas de produtos eletrônicos, culturais e eletrodomésticos, esclareceu nesta quarta-feira (1º/3), que não deixará de operar no país. Ao contrário, a empresa informou em comunicado ao mercado que vai buscar um parceiro local para “continuar e reforçar” sua operação no Brasil. 
 
De acordo com a companhia, “a operação brasileira precisa ter um tamanho crítico no sentido de ser relevante e reforçar sua posição de mercado”. Por essa razão, a companhia diz ter iniciado um “processo ativo” de escolha de parceiro local.
 
A Fnac está presente no Brasil desde o fim dos anos 1990, mas, há alguns anos, já tinha apontado dificuldades para atingir um nível crítico no país. O Brasil representa menos de 2% do volume de vendas total da Fnac, que possui cerca de uma dezena de lojas no país.
 
O lucro líquido ajustado do grupo foi de 54 milhões de euros, um aumento de 37% em relação ao ano anterior, segundo o comunicado. O volume de negócios aumenta tanto em dados publicados (+43,6%) quanto em dados pró-forma ( 1,9%), a 7,4 bilhões de euros. As vendas do grupo subiram 79,6% no quarto trimestre, segundo dados publicados.
 
No conjunto de 2016, “o grupo está em crescimento tanto na França ( 2,1%) quanto em nível internacional ( 1,3%)”, indica o texto. “Os resultados de 2016 da Fnac Darty são muito sólidos e de forte crescimento. Todos os índices são positivos”, afirmou o presidente de Fnac Darty, Alexandre Bompard, citado no comunicado.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​