Realizar busca
- 28/03/2017 - 10:45
Ferrovia da Integração Centro-Oeste que passará em várias cidades de MT vai gerar 275 mil empregos

A Ferrovia da Integração Centro-Oeste (Fico), entre Campinorte (GO) e Vilhena (RO) deve ser responsável pela geração de 275 mil empregos. De acordo com a Valec Engenharia, empresa pública responsável pelo empreendimento, serão 91 mil empregos diretos, 43 mil indiretos e 140 mil pelo efeito renda. A previsão de investimento é de R$ 6,1 bilhões.

A assessoria da Valec ainda confirmou, ao Só Notícias, que atualmente a obra está em fase de cumprimento das condicionantes da licença prévia, emitida pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama), em outubro de 2014. A empresa pública fez, este mês, um pedido de supressão vegetal dos locais por onde passarão os trilhos da ferrovia. Ainda não houve resposta do Ibama.

Ainda não há previsão de início das obras. “A VALEC apenas está em processo de atendimento das condicionantes, a fim de cumprir o prazo de validade da Licença Prévia, a fim de obter a Licença de Instalação, licença que autoriza efetivamente a implantação do empreendimento. A previsão da construção depende da definição da política de implantação da infraestrutura de transportes por parte do governo federal”, detalhou a assessoria.

A ferrovia está inserida dentro do traçado da Transcontinental, que deverá ter 4,4 mil quilômetros de extensão, entre o porto do Açu, no litoral do estado do Rio de Janeiro e a localidade de Boqueirão da Esperança (AC), como parte da ligação entre os oceanos Atlântico, no Brasil, e Pacífico, no Peru. Entre Campinorte e Vilhena, com estimados 1,6 mil quilômetros de extensão, essa ferrovia é denominada Ferrovia de Integração do Centro Oeste.

Em Mato Grosso estará a maior parte do traçado da Fico, com trecho de 1,5 mil quilômetros (apenas 116 quilômetros serão em Goiás). Depois de construída, a ferrovia terá capacidade para transportar até 27 milhões de toneladas de grãos, segundo a Valec.

Há articulação política, ainda sem qualquer definição, para formar um “grande” entroncamento em Lucas do Rio Verde, utilizando a Fico, mais a Ferrogrão (Sinop-Pará) e a Vicente Vuolo (conhecida como Ferronorte, que inicia em São Paulo e, atualmente, chega até Rondonópolis, com possibilidade de expansão até Sorriso). 

Fonte: https://www.portosenavios.com.br/noticias/portos-e-logistica/38132-ferrovia-da-integracao-centro-oeste-que-passara-em-varias-cidades-de-mt-vai-gerar-275-mil-empregos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​