Realizar busca
- 16/10/2019 - 07:00
Falta interesse por formação em ciências exatas

O Brasil é um dos países que menos forma profissionais na área de tecnologia, engenharia e matemática, segundo a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Apenas 17% das matrículas nas universidades brasileiras são em cursos desses segmentos, o que posiciona o país atrás da China (40%) e Índia (35%). Não bastasse o baixo ingresso, o Brasil ainda registra uma alta desistência nas graduações de tecnologia, que chega a 69%, de acordo com a Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom).

Fonte: Valor

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​