Realizar busca
- 20/04/2018 - 08:32
Em SC, 621 pessoas declaram ter mais de R$ 1 milhão em espécie guardado em casa

Ainda é grande o número de pessoas que guardam dinheiro debaixo do colchão. Pelo menos é o que muitos declaram para a Receita Federal. Em Santa Catarina, 621 informaram manter mais de R$ 1 milhão em espécie ao longo de 2016. As informações constaram nas declarações entregues no começo do ano passado. Houve um caso em que somente uma pessoa informou ter R$ 19 milhões em casa. Outro disse manter R$ 17 milhões.

Segundo a Receita Federal, há ainda 44 mil casos de catarinenses que declaram ter mais de R$ 100 mil em dinheiro vivo. Para averiguar se esses valores são reais, foi lançada nesta quinta-feira a Operação Tio Patinhas, que busca combater fraudes nas declarações do Imposto de Renda.

No Brasil, havia ao fim de 2016 aproximadamente R$ 232 bilhões circulando, ao passo que pessoas físicas declararam guardar R$ 220 bilhões em casa, o equivalente a 95% do total. De acordo com os técnicos da Receita, é altamente improvável que esses valores sejam verdadeiros.

— Por ora, estamos selecionando contribuintes que, na declaração de 2017, informaram valores expressivos. Eles serão intimados a dizer se ainda possuem esses valores. Caso não possuam, precisam retirá-lo da declaração deste ano. Caso possuam, vão precisar nos provar. Vamos a fazer verificação física, inclusive — diz a auditora fiscal Roseli Fabrin. 

 

 

Fonte: DC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​