Realizar busca
- 31/05/2017 - 19:22
Duplicação da BR 343 pode acabar com acesso de caminhões ao terminal de petróleo
A obra de duplicação da BR 343 pode acabar com o trecho que hoje funciona como acesso e pátio de caminhões, do terminal de petróleo da capital. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes explica que o local, que fica no perímetro urbano de Teresina, é exatamente onde será construída a nova pista de duplicação da rodovia. A obra ainda está prevista para o ano que vem mas já preocupa quem precisa passar pelo local de onde partem óleo e demais combustíveis para todo o Estado. 

 “Aquela área vai ser usada inteiramente para a duplicação da rodovia. O pessoal estaciona ou circula por ali por falta de um acesso adequado, que é de responsabilidade da empresa”, informa o superintendente do Dnit em Teresina, Paulo de Tarso Cronemberger.
 
Em nota, a Petrobras distribuidora explica que a responsabilidade por reparos na área é do DNIT, por se tratar de uma área de domínio do departamento, mas o superintendente do órgão em Teresina, acrescenta que enquanto a área está beneficiando o terminal, a execução de qualquer reparo é de responsabilidade da empresa, segundo critérios estabelecidos pelo Dnit.
 
“Eles vieram aqui no início de 2016 e nós sugerimos que eles apresentassem um projeto para ser analisado aqui no DNIT mas nunca retornaram e nem mandaram o projeto. Mesmo se o acesso tivesse sido construído pelo terminal, caso o Dnit tivesse aceito um projeto de construção, teria que ser executado por eles e eles teriam que assinar um documento com uma cláusula que diria que se o Dnit tiver que utilizar a área eles devolvem. Não é de responsabilidade do órgão, por exemplo, investir em entroncamentos. Quando se projeta uma rodovia, esses entroncamentos não existem. “, acrescenta.
 
O projeto de duplicação contempla um percurso de aproximadamente 7km entre a Ladeira do Uruguai e o balão da avenida Miguel Rosa. Orçada em R$ 180 milhões, a obra já tem cerca de R$ 94 milhões em recursos alocados e a previsão de início é para o próximo ano.
 
“Imagine que um município deseja fazer um polo industrial. Para que as pessoas tenham acesso a ele, a prefeitura constrói o acesso, senão vira bagunça”, finalizou o superintendente.

Fonte: http://www.portalntc.org.br/outros/duplicacao-da-br-343-pode-acabar-com-acesso-de-caminhoes-ao-terminal-de-petroleo/58329

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​