Realizar busca
- 28/09/2018 - 09:11
Conheça as tendências da geração Z e como elas afetam o seu negócio

Os millenials já são assunto do passado. O que começa a intrigar profissionais e empresas são os jovens entre 15 e 20 anos, que trazem uma mentalidade completamente nova. A dominação do mercado de trabalho pela geração Z, como é chamada, é inevitável e seu comportamento e tendências estão cada vez mais sob holofote.

Segundo Laura Kroeff, VP product development da Box 1824 que palestrou no RH Day da StartSe, existem 4 comportamentos principais para essa geração. São eles: identidade indefinida, senso de comunidade, diálogo e pragmatismo.

ID indefinido

“Eles odeiam estereótipos e rótulos. Por exemplo, 52% da geração Z se incomoda em ser classificada e 20% não se considera exclusivamente heterossexual”, revela Kroeff. Mas estes não são os únicos dados. Ela ainda citou dados como o de que 76% da geração Z se definiu como religiosa, mas isso está longe de significar que ela é conservadora. No caso, 60% dela é  a favor de casais homossexuais.

Além disso, 41% da geração Z acha natural ter relações sexuais com mesmo gênero, mas o número é mais baixo nas gerações mais velhas:  32% da geração Y concorda e só 23% da geração X junto com a Baby Boomer também acham o mesmo. 53%, por sinal, votaria a favor do casamento homossexual se houvesse um plebicito.

Senso de comunidade

No aspecto de união, a geração Z bate todas as anteriores, isso porque existe uma conexão muito grande entre seus membros, que não necessariamente precisam se conhecer pessoalmente. Segundo Kroeff, 65% desses jovens tem amigos que conheceram por meio da internet.

Além do network, a geração Z também tem outro aspecto bem forte: a união. E isso pode ter efeitos devastadores para as marcas e empresas que não compreendê-los muito bem. “Eles têm alto poder de mobilização: 81% falou que já deixou de comprar de alguma marca com campanha machista e espalhou a notícia entre os amigos e 76% já compartilhou ou deixou de comprar de uma marca com campanha homofóbica”, revela a VP.

Diálogo como solução

A estudiosa também revelou que muito se fala dessa nova geração ser acomodada… E isso não poderia ser mais mentiroso! “Na verdade, essa geração quebra o estereótipo do que é ser transgressor. Eles são um ativismo compassivo, vêem menos soluções na busca da ruptura e mais na busca da empatia e do que é pacífico”, explica Kroeff.

As armas dessa geração são o diálogo e a paciência: 73% deles escuta e respeita pessoas com opiniões diferentes, 54% evita entrar em confronto com a família quando discordam de algo e 48% que somente com o diálogo é possível mudar o mundo. Em outras palavras, os jovens estão apostando mais na abertura do diálogo e na compreensão do que no embate.

Pragmatismo

Diferente dos millenials, refletidos muitas vezes pela importância da aparência (postagens com vidas e físicos perfeitos) e da popularização da gig economy, os Z têm muito mais pé no chão. 70% deles valoriza um emprego com carteira assinada e 42% deles já exerce alguma atividade remunerada.

Eles também são controladores e investem e fazem planos muito mais para o presente do que no futuro, uma vez que gostam de comandarem as situações e expectativas.

Geração Z: um misto de ética, acessibilidade e singularidade

Para a geração Z, três valores que são muito importantes são: ética, acesso e singularidade… E isso reflete diretamente na forma que eles consumem. Eles não querem somente um produto padrão, eles querem algo exclusivo, mas ao mesmo tempo acessível e até compartilhável e, acima de tudo, ético!

Segundo Kroeff: “50% da geração Z deixa de comprar de uma empresa que não é ética. Eles deixam de comprar, porque a empresa tem trabalho infantil ou escravo, impacto negativo no meio ambiente, etc.”. Juntando este fato à forte comunidade online é a receita do desastre para uma campanha que não é vista com bons olhos.

Mas se isso acontece, nem tudo está perdido. “O aspecto positivo é que 53% deles voltaria a comprar de empresas que pedem desculpas e remedem os erros”, explica.

 

Fonte: StartSe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​