Realizar busca
- 29/04/2017 - 19:32
Banco Mundial aprova empréstimo de 73 milhões de dólares para ações sustentáveis em Fortaleza

Entre as ações previstas no programa Fortaleza Cidade Sustentável está a revitalização da área de 14km que compreende o Parque Raquel de Queiroz

Fortaleza conseguiu a aprovação de 73 milhões de dólares junto ao Banco Mundial para a execução do programa Fortaleza Cidade Sustentável. O projeto é o 1º da cidade em que o valor será voltado por completo para ações sustentáveis da Capital.
De acordo com a secretária de Urbanismo e Meio Ambiente de Fortaleza, Águeda Muniz, o dinheiro irá ajudar a revitalizar e melhorar a zona norte da cidade. Serão realizadas ações como melhoria na balneabilidade do litoral, saneamento básico além do reforço nas fiscalizações e gestão ambiental.

A principal área beneficiada será a do Parque Rachel de Queiroz, que possui cerca de 10 quilômetros de extensão e passa por 14 bairros de Fortaleza. “O projeto é totalmente inovador e, inclusive, será observado pelo Banco Mundial para implementação em outras cidades do mundo”, ressaltou águeda Muniz.

O projeto tem um valor total de 150 milhões de dólares. Com a contrapartida do Banco Mundial, a outra parte será de responsabilidade da Prefeitura de Fortaleza.A previsão do início das atividades é no começo de 2018 e tem previsão de 6 anos para conclusão das ações.

Saneamento

Em entrevista ao Diário do Nordeste, Águeda Muniz reforçou o projeto ajudará a melhorar a rede de esgoto, evitando a poluição dos recursos hídricos da região. “Ações de sustentabilidade semelhantes já vinham sendo realizadas na região, pois há muitas moradias que ainda carecem de melhorias”, diz a secretária.

Espera-se que o projeto aumente o índice de balneabilidade nas áreas selecionadas durante as secas – dos atuais 20% para 80%. Os investimentos incluem o tratamento de efluentes dos sistemas combinados de drenagem e esgoto e subsídios às conexões de esgoto em residências de baixa renda.

“Este projeto representa um primeiro passo na transformação a longo prazo de Fortaleza. As atividades apoiadas pelo nosso financiamento vão melhorar a qualidade de vida da população mais pobre e promover o desenvolvimento econômico, gerando empregos, oportunidades para os jovens e incentivando a formação de comunidades. Esse é o tipo de desenvolvimento urbano integrado que gostaríamos de ajudar as cidades brasileiras a pôr em prática”, disse Martin Raiser, Diretor do Banco Mundial para o Brasil.

Fonte: http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/cidade/online/banco-mundial-aprova-emprestimo-de-73-milhoes-de-dolares-para-acoes-sustentaveis-em-fortaleza-1.1745975

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​