Realizar busca
- 17/12/2018 - 09:37
Alta no fluxo de passageiros deve atrair investidores para o Metrofor

O número de cearenses que utilizam a Linha Sul do Metrô de Fortaleza (Metrofor) e os Veículos Leves sobre Trilhos (VLTs) do Cariri e de Sobral avançou mais de 30% no último ano e isso deve ser o usado pelo Governo para atrair investidores para a concessão desses equipamentos. Até o fim deste mês, segundo informa o secretário da Infraestrutura, Lúcio Gomes, os equipamentos transportarão cerca de 12,5 milhões de passageiros, 3,3 milhões a mais que no ano passado, quando 9,2 milhões usufruíram do transporte.

Com estes números, a Secretaria da Infraestrutura (Seinfra) pretende atrair o interesse de potenciais investidores interessados em assumir a operação dos equipamentos por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP). Embora tenha sido lançado um Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) com essa intenção no último mês de março, o processo não andou.

“A ideia nossa era apresentar (esse pacote) para concessão, mas, infelizmente, a gente não obteve êxito devido à conjuntura nacional, às incertezas de 2018, mas é questão de momento”, justificou. Segundo o secretário, a intenção é dar continuidade ao projeto em 2019, com a inclusão do ramal Parangaba-Mucuripe do VLT mais consolidado.

Interessados

Durante o ano passado, a iniciativa teria despertado o interesse de grandes investidores, como a PricewaterhouseCoopers (PwC), o Sindiônibus e também os chineses da Railway Rolling Stock Corporation (CRRC). “Está crescendo exponencialmente a quantidade de passageiros transportados por esse modal, o que abre uma perspectiva muito boa de rentabilidade para que os investidores possam comparecer no ano que vem”, avalia o secretário. Os contratos de concessão da Linha Sul e dos VLTs estavam avaliados a princípio entre R$ 12,5 bilhões e R$ 13 bilhões, com duração prevista de 30 anos.

Maior fluxo

O crescimento do número de passageiros desses equipamentos é ainda maior se comparado à quantidade de passageiros transportados em 2016 – 7,7 milhões de pessoas, um aumento de cerca de 62% do fluxo. Os dados não levam em conta a movimentação do VLT Parangaba-Mucuripe, que se encontra em fase de operação assistida. Segundo o secretário, apenas no mês de novembro, o ramal transportou 125 mil passageiros.

Linha Leste

Com a assinatura da ordem de serviço em novembro passado, as obras da Linha Leste do Metrofor estão em fase de montagem, aquisição de peças metálicas e vistoria de equipamentos – inclusive das duas tuneladoras adquiridas pelo Estado. Segundo Lúcio Gomes, a expectativa é que as obras sejam concluídas até mesmo antes do prazo de quatro anos, uma vez que todos os recursos estão garantidos.

 

Fonte: Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​