Realizar busca
- 18/09/2019 - 07:00
Além da Petrobras: as ações mais impactadas (para o bem e para o mal) com a disparada do petróleo

O ataque contra a petroleira Saudi Aramco, na Arábia Saudita, foi o grande acontecimento do fim de semana e agitou o mercado nesta segunda-feira (16), com as
cotações do petróleo saltando cerca de 15%.

Em um primeiro momento, investidores veem a Petrobras (PETR3; PETR4) como a mais favorecida, já que a notícia fez o preço do petróleo disparar 10%, mas a estatal não é a única impactada pelo atentado.

Muito se fala sobe o preço da commodity sobre a aviação. Em relatório, o Bradesco BBI aponta as estrangeiras Avianca Holdings, Aeromexico e Volaris como as mais impactadas por esse choque nos preços do petróleo. Por outro lado, no Brasil Gol (GOLL4) e Azul (AZUL4) “são as ações menos afetadas pelos preços mais altos do petróleo, dadas as posições de hedge”, afirmam os analistas.

Segundo o banco, embora a expectativa é de uma reação negativa no curto prazo nas companhias aéreas da América Latina, as brasileiras estão mais preparadas para suportar o impacto. Segundo os analistas, Gol e Azul têm posições de hedge de 40% a 60% nos próximos 12 meses, bem acima da média do setor.

Além disso, eles apontam que “a falência da Avianca Brasil ajudou as companhias aéreas brasileiras a aumentarem as tarifas aéreas para recuperar margens”.

Mas o setor de aviação não é o único impactado, empresas ligadas aos combustíveis também podem sentir mudanças no médio prazo.

De um lado, papéis de companhias de açúcar e álcool, como São Martinho (SMTO3), Brasil Agro (AGRO3) e Cosan (CSAN3), podem ser impactados positivamente caso ocorra uma alta no preço da gasolina. Caso este cenário se concretize poderia ocorrer uma forte demanda pelo etanol, que custa mais barato.

Enquanto isso, as distribuidoras, caso da BR Distribuidora (BRDT3) e Ultrapar (UGPA3), também poderiam ganhar. Caso a Petrobras ajuste seus preços de gasolina e diesel nas refinarias, estas empresas seriam capazes de capitalizarem por meio de ganhos de estoque.

Confira abaixo como foi o desempenho das ações na sessão desta segunda-feira:
Ação Ticker Desempenho
Petrobras ON PETR3 +4,52%, a R$ 31,00
Petrobras PN PETR4 +4,39%, a R$ 28,06
Cosan CSAN3 +0,04%, a R$ 54,57
São Martinho SMTO3 +0,90%, a R$ 19,11
Brasil Agro AGRO3 +1,13%, a R$ 17,95
BR Distribuidora BRDT3 +0,88%, a R$ 27,53
Ultrapar UGPA3 +3,94%, a R$ 18,20
Azul AZUL4 -8,45%, a R$ 47,00
Gol GOLL4 -7,77%, a R$ 32,05

Fonte: InfoMoney

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​