Realizar busca
- 05/11/2018 - 10:28
Ações recuam e Apple perde patamar de U$ 1 tri na bolsa

As ações da Apple caíam cerca de 6% na sexta (2), reduzindo seu valor de mercado para menos de US$ 1 trilhão, depois que a gigante tecnológica previu vendas mais fracas que o esperado para o último trimestre e alimentou preocupações ao anunciar que não mais vai divulgar os números de venda de iPhones.

A queda das ações da companhia para cerca de US$ 207 tirou mais de US$ 67 bilhões do valor de mercado da empresa, colocando a Amazon e a Microsoft Corp na corrida entre as grandes de tecnologia dos Estados Unidos para ser a empresa mais valiosa do mundo.

Com sede em Cupertino, na Califórnia, a Apple culpou a fraqueza nos mercados emergentes e os custos com o câmbio pela decepcionante previsão de vendas no período que antecede o Natal, que são cruciais para os resultados dos produtores de eletrônicos de consumo.

Oito corretoras reduziram suas metas de preço para a Apple, mas apenas uma – o Bank of America Merrill Lynch – cortou sua classificação das ações para “neutra” ante “compra”.

“É hora dos investidores se ajustarem às novas divulgações”, disseram analistas da corretora. “Embora a oportunidade a longo prazo seja significativa, esperamos pressões de curto prazo sobre as ações.”

A decisão anunciada na quinta (1) de parar de divulgar os dados de venda de unidades de iPhones, iPads e Macs foi amplamente criticada, com alguns argumentando que isso significa que a Apple espera que as vendas de iPhones tenham chegado ao pico.

“Embora a companhia acredite que as unidades sejam uma métrica menos relevante, discordamos fortemente – principalmente porque acreditamos que as unidades do iPhone começarão a declinar a cada ano como resultado dos preços médios de venda mais altos”, disseram analistas da Raymond James.

Por volta das 12h30 (horário de Brasília) do dia 2, as ações da Apple recuavam 6,6%, para US$ 207,55.

 

Fonte: Forbes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​