Realizar busca
- 18/09/2018 - 09:02
À venda, Netshoes desperta interesse da Lojas Americanas e outras grandes varejistas

Com as ações em baixa e a pressão de investidores, a Netshoes já está negociando uma possível venda. Para isso, há cerca de um mês, a companhia contratou o banco Goldman Sachs para encontrar um possível comprador ou sócio. De acordo com o jornal Valor Econômico, grandes grupos já estão de olho na possibilidade: Lojas Americanas, Mercado Livre, Centauro e a Advent. 

A Lojas Americanas já é controladora da empresa de comércio eletrônico B2W – uma fusão entre Submarino, Shoptime e Americanas.com -, o que pode ser uma porta de entrada para a Netshoes. Já o grupo SBF, dono da rede de artigos esportivos Centauro, chegou a discutir uma fusão com a Netshoes há dois anos.

Segundo o jornal, Marcio Kumruian, fundador e presidente da empresa, gostaria de manter o controle da companhia inalterado. Porém, os grupos interessado na compra apenas seguiriam em negociações para controle ou totalidade da Netshoes. Atualmente, Kumruian possui 12,2% da companhia, com a participação maior da Tiger Global Management, que tem 28,6%.

Desde o início do ano as ações da Netshoes caíram 73%. Só no primeiro semestre, a empresa de artigos esportivos teve prejuízo de R$ 98,4 milhões. No mesmo período de 2017 a companhia registrou uma perda de R$ 72,9 milhões. Além disso, oito escritórios de advocacia americanos anunciaram investigações e abertura de processos contra a Netshoes devido à possíveis irregularidades da empresa ao prestar informações para atrair investidores.

Em uma de suas últimas tentativas de se reerguer, a companhia anunciou o lançamento de seu novo e-commerce, o Free Lace, com produtos de coleções premium de calçados e vestuários de marcas como Adidas, Fila e New Balance.

 

Fonte: StartSe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clima

 

Cotação


Cotações de Moedas fornecidas por Investing.com Brasil.
​​